quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

A MONTANHA E O RIO 46º CAPÍTULO:

TAN
2 DE JANEIRO DE 1986
BEIJING
 
A manhã estava úmida por causa da neve que caia. Não se via o sol no céu. Quando acordei, o dia acinzentado serviu apenas para piorar o meu humor. Sentia falta de Sumi e isso era ainda mais intolerável num dia como  esse. O vento uivava, fazendo voar o lixo escondido nas esquinas e chorava como um fantasma agitando os fios elétricos e as árvores sem folhas. Dias escuros e melancólicos como esse eram um convite para o mal. A infelicidade se abatia sobre os desgraçados e a má sorte invadia os lares. As pessoas riam menos e choravam mais. Os bêbados escalavam a lua, e os loucos mergulhavam no mar. Este era o meu estado de espírito quando entrei no meu escritório naquele dia. Todos os meus gerentes estavam enfileirados na porta do escritório. Seus rostos refletiam a cor do dia.  _Sentem-se meus amigos. Qual é o problema? Perguntei. Fei-Fei olhou para Mike Blake, que olhou para Lena. _O que foi? Insisti. _Leia isso, por favor, chefe. Fei-Fei colocou o People's Daily sobre a minha mesa. O People's Daily, o Guangming Daily e todos os cerca de trinta jornais oficiais deste país trazem a mesma manchete estampada na primeira página. Sentei-me e li as primeiras linhas da reportagem: CONDENADO FALSO RELATÓRIO ANTI-CHINÊS
O recente relatório acusando a Guarnição Militar da China de ter sequestrado a famosa escritora Sumi Wo foi uma farsa elaborada por elementos anti-chineses que existem dentro e fora da China. Esta calúnia que tem a intenção de macular a perfeita democracia socialista do país, propulsora de nosso fenomenal crescimento econômico e de um alcance recorde dos direitos humanos será investigada a fundo. Os maus elementos envolvidos serão levados à justiça de modo que possamos proteger a integridade de nosso país...
_Isso não me assusta. Disse eu, tentando melhorar o clima. _Chefe, fique na sua, por um tempo. Pediu Fei-Fei. _Ficar na minha? Que tipo de retórica é essa? Pergtuntei. Logo você, o líder do segmento do pensamento liberal? _Houve uma reunião de emergência do gabinete e de toda a equipe de propaganda da província. Prosseguiu ele. _Há um outro expurgo a caminho e sempre começa assim. Disse Lena, preocupada. _E sempre termina com um bode expiatório sendo abatido para assustar os peixes grandes. Temo que dessa vez nós sejamos o bode expiatório. Disse Fei-Fei _Ninguém está seguro aqui, acrescentou ele olhando para todos os presentes. _Você tem a opção de voltar para o seu comércio de barcos na Virgínia, Mike. Sugeri a meu amigo americano. E você pode voltar a gerência do seu banco em Fujian, Lena. Mas eu vou ficar aqui. Já fui expulso desta cidade onde nasci. Nada, disse socando a mesa _Nada fará com que eu me movimente um milímetro daqui desta vez. _Só queremos que você tenha cuidado. Disse Mike. _Por que não tentam ser prestativos e úteis em vez de serem cautelosos? Perguntei ríspidamente _Tenho notícias piores do que essa. Sumi e eu...estamos nos separando...Quer dizer, temporariamente. _O que aconteceu? Perguntou Lena. _Algo que ninguém aqui gostaria de saber. Respondi com resignação. Lena veio até mim e me abraçou. Mike balançou a cabeça e disse: _Desculpe amigo, vou lhe servir um drinque. _Você nunca achou que casar com ela fosse uma boa idéia não é mesmo? Perguntei a Mike. Mike deu de ombros. _Essa é a minha resposta de sempre quando se trata de casamento, mas nunca desejei que vocês se separassem. _Vamos aos negócios. Sentem-se, ordenei. _Os negócios podem esperar. Podemos voltar uma outra hora. Disse Fei-Fei. Mike e Lena assentaram. _Não, fiquem e ouçam. Pensei em algo ontém. A Dragão & Cia. deveria atuar em mais áreas da mídia. Nós publicamos livros, mas quero que você, Fei-Fei, lance uma dezena de novas revistas: política, estilo de vida, moda, negócios, tudo. E jornais com todos os assuntos publicáveis. Sempre dei muito valor ao lema simples que o New York Times imprime no alto de sua primeira página todos os dias:"todas as notícias que podem ser publicadas". Gosto disso. Tudo o que pode ser publicado. _Mas essa não é a melhor hora. Observou Fei-Fei _Pelo contrário, esta é a melhor hora. O crescimento econômico gera mais liberdade de expressão. Nosso regime  político sufocante vai matar a determinação das pessoas e impedirá o boom que já estamos vivendo aqui. Tradicionalmente, o governo controla a mídia e diz as pessoas a um bilhão de chineses, o que elas devem ouvir ou ler. Temos que mudar isso. Depende de nós. Quero publicar e transmitir a verdade. As pessoas têm o direito de saber a verdade, como é garantido pela Constituição. _Você sabe muito bem que a Constituição de vocês é uma piada. Disse Mike. _Você tem razão. É uma piada agora. Mas também quero mudar isso. para reforçar a inviolabilidade do domínio da lei e conter os absurdos dos nossos governantes corruptos. As mudanças começam conosco, não com eles. Queremos ter os nossos próprios canais de televisão. TV a cabo e estações de rádio. E sabe por que gosto tanto dessa idéia? _Por que? Perguntou Mike. _Porque enquanto estamos fazendo algo importante para esse país, vamos ganhar dinheiro, muito dinheiro. A mídia será a grande indústria do próximo século. Comida, bebida e todas as necessidades básicas já foram providas. Um bilhão de pessoas no mundo têm fome de alimento para a alma. Elas querem ler, ver e ouvir coisas novas e significativas. Saia e encontre uma equipe de editores e escritores com novas idéias e estilos inovadores. Quero que as pessoas anseiem pelo nosso material impresso. Quero estabelecer uma marca, como o New York Times, Forbes e The Economist. Quero que as pessoas tenham orgulho de ler nossos jornais e revistas e que se sintam enriquecidas e privilegiadas por ter acesso ao nosso trabalho. Nunca nos abandonarão se conquistarmos seus corações. Fei-Fei, quero que você verifique as exigências de concessão para abrir estações de TV e rádio por toda a China. _Vou fazer isso Sr. Long. Mas a censura do governo será o nosso maior obstáculo. _Sei que todos faremos o impossível. O possível já foi feito. Você, Lena, por favor fale com David Li, o Gerente do Banco da China, para ver se o dinheiro comunista pode financiar mais alguns dos nossos empreendimentos capitalistas. Venda a idéia, como você sempre fez tão bem. _Vou verificar isto agora mesmo. _E, Mike, já enviamos o pedido de licença para a construção do Dragon Center à prefeitura de Beijing? _Foi entregue em mãos no escritório do diretor geral da Secretaria de Planejamento Urbano ontém. Uma cópia foi enviada ao gabinete do prefeito. Espero receber a licença dentro de uma semana. Ainda devem ter vivo na memória o gosto da boa comida, dos bons charutos e da boa bebida que você serviu. _Obrigado, Mike. Deixe todas as preocupações com o governo para mim. Temos os melhores advogados ao nosso lado. Lutaremos até o fim. Feliz Ano Novo para todos!
________________
 
SE VOCÊ PERDEU ALGUM CAPÍTULO, ENTRE NO MENÚ "CONTOS DE FADAS" ONDE ENCONTRARÁ TODOS OS CAPÍTULOS ANTERIORES. 
 
 

Nenhum comentário:

QUE PAÍS É ESSE MESMO? Que país é esse mesmo? É o meu país, dilacerado moralmente não só no campo político, muito m...