sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

O FEITIÇO VIRA CONTRA O FEITICEIRO...


Gente, achei esse castigo horrível, ver a Rízia tendo o começo de um pânico foi de cortar o coração. Já assistimos edições com acorrentados, mas nessa a coisa é mais inflamável, são todos militantes e ativistas do movimento negro, não se pode nem usar o termo "humor negro" tampouco "denegrir" ou qualquer coisa que remeta a negritude deles, ai vem a produção e coloca os negros e os brancos acorrentados... Claro que foi um movimento tendencioso da produção e os remeteu ao passado, onde os escravos negros eram acorrentados. Foi de uma falta de sensibilidade enorme! Confesso que quando Rízia abaixou sua cabeça chorando, eu chorei junto com ela, entendi exatamente o que ela estava sentindo e odiei a produção pelo sadismo desnecessário. Imagino a família dela vendo isso, foi sim um castigo racista e doloroso, tanto para eles como para nós. E depois é muita falta de imaginação usar isso como argumento para provocar treta entre eles, existem mil outras formas de provocação sem tocar nesse tumor em ebulição ali dentro.


Muito forte essa cena e tudo que vimos eles passarem, dormindo no chão duro, burlando a intimidade deles, passando necessidades alimentícias e para nós, meros telespectadores foi um tapa na cara, somos fãs do entretenimento não de torturas psicológicas, independente de gostarmos de A ou de B.
Depois da trolagem de uma festa que não aconteceu na quarta feira, eles tiraram de letra e deram, mesmo alheios ao que se passa aqui fora uma boa lição do grande irmão, eles não querem saber de treta e realmente é a 1ª edição que vejo isso, por mais que queiramos ver atritos, ali existe harmonia e muita maturidade entre eles, é incrível, estamos todos esperando por algo que não vai acontecer ali. Aqui fora somos divididos e na maioria das vezes por viés político, mas lá dentro existe irmandade, estão livres de preconceitos e ideologias, se curtem e se respeitam simplesmente pelo que são. Nessa madrugada, fui dormir as 7 hrs da manhã vendo a roda que eles fizeram e me emocionando com cada um deles, independente de serem meus favoritos ou não, senti que estavam sendo sinceros e realmente foi lindo de ver, ao invés de tretas eles nos apresentaram amor, naquela madrugada eu aplaudi e derramei lágrimas por eles e não apenas pelos meus favoritos, por todos, foi lindo...

Ontém teve prova do líder e mais uma vez Elana, a cavalona, como ela própria se auto denomina, conquistou o tri campeonato em lideranças, é incrível! Se libertou das correntes e foi sozinha para o quarto do líder desfrutar seus mimos com todas as regalias que tem direito. 


Gosto de Elana, acho ela uma menina forte, determinada e boa, mas tem alguma coisa ali que me incomoda, ainda não descobri o que é, quando descobrir compartilho com vocês. Ela vetou Carol, Isabela e Paulinha da prova.

Isabela atendeu o Big Fone e teve que indicar alguém do seu grupo de acorrentados para o paredão, ela indicou Alan, portanto no paredão de domingo, já temos Alan sentado.
Vamos aguardar o fim desse castigo ridículo que está nos causando antipatia e torcer para hoje ter festa...


quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

NA QUEDA DE BRAÇO A ESQUERDA GANHOU E A MILITÂNCIA GANHA O GAME...


Eu acho mesmo que a saída de Maycon foi providencial pela pessoa dele, não pelo game e o andamento dele em si, Maycon precisa de ajuda psicológica, além de imperativo ele tem sequelas seríssimas de sua infância e do abandono paterno traumático em que ele e sua mãe eram espancados por seu pai. Muito triste seu histórico de vida e espero, de verdade que ele consiga essa ajuda porque apesar de atos e falas que não aceito, vejo nele um rapaz pedindo socorro ao mundo, em que se atrapalha nessa carência e ainda não entendeu que o mundo não lhe dará colo jamais, pois como bem qualificou Gabi, da turma da gaiola, ele é branco, privilegiado e tem que pagar esse preço num país que desperta para o racismo com óticas distorcidas, colocando na conta de todos os brancos a culpa pela cor de sua pele. O fato de sermos qualificados pelos negros de privilegiados de uma forma geral, já demonstra o rancor existente dentro dessa luta por igualdade e Maycon, por sua inconsequência, entrou numa emissora que apoia o comunismo e todos os movimentos que o agregam e claro, está na conta dele a culpa por ter nascido branco e por estar passando por problemas mentais sem piedade em seu julgamento, seus algozes querem retaliação pelas senzalas do passado e todos nós, brancos temos que ser para eles eternos devedores. Vai Maycon, você está sendo o boi de piranha que Boninho escolheu para Cristo.
Eu não sou racista, mas acho toda forma de extremismo repudiante, há que se ter um pouco de honestidade para identificar o verdadeiro racismo, senão banaliza a própria causa, existem racismos e escolhas, o que é bem diferente.


Dentro do BBB existe uma ditadura velada, ali não existe a livre discussão, ou você pede desculpas por ter nascido branco ou loiro, ou com olhos azuis, ou você é um privilegiado racista... Existe entre esses contrapontos uma dose infinita de ignorância e intolerância que eles atribuem aos brancos, mas não é verdade, ela vem deles próprios. Por exemplo, nessa bandeira que eles orgulhosamente levantam existe muita hipocrisia, Gabi e Rodrigo repreendem Elana por citar que uma determinada cantora é uma negra linda, mas em seguida, conversando entre eles ela diz: "Fulana é uma negra maravilhosa", mas isso pode, isso vindo deles é normal, é uma bandeira que usurpa a essência da causa em si.
Eles são intolerantes, por exemplo o menino de 20 aninhos, morador da Rocinha, canta, no maior deboche que não é Flamengo, porque não é ladrão, mas ele pode, imaginem se esse cântico viesse de Paula ou de Maycon, hipócritas, podres em uma causa rachada pelo oportunismo que por si só ofende a própria causa que é nobre.


Mas por pertencer ao clã deles ele está abonado e justificado e eu chamo isso de intolerância extrema, pois eu sou flamenguista e não sou ladra, tenho minha ficha corrida limpa, mas ele comete um crime em rede nacional e passa batido e um crime contra toda uma torcida gingantesca não só aqui no Rio, mas em todo o Brasil, como assim esse garoto nos chama de ladrões? Ele ofende toda a nação rubro negra e ela responderá em seu paredão com a força de sua indignação. Mas estranho que poucos se ofendem, claro é sim um BBB político, voltado para atacar a direita desse país, lotado de comunistas que vez por outra dão suas espetadas, imagine por um segundo se isso partisse de Paula, Maycon ou qualquer outro branco dali? Estariam fazendo um estardalhaço gigantesco, exatamente igual a esquerda desse país faz. O clube Flamengo está se manifestando contra essa injúria e ofensa a sua nação e claro as consequências virão porque o fofinho menino que só tem 20 aninhos vai responder por essa calúnia a qual, eu, particularmente, me incluo como ofendida.


Gabi, que levanta a bandeira do feminismo com tanta veemência, coloca Danrley como o grande líder e jogador do game por ter ganho 2 lideranças, oi? Ele não ganhou sozinho essa liderança, ele ganhou juntamente com Elana e por que a feminista exalta o menininho e subtrai o mérito de Elana? Que porra de feminismo é esse? A força da mulher é pisoteada assim? Logo pela feminista? Será que ela rasgou sua bandeira ou é hipócrita mesmo? Me poupe.
A verdade é que o BBB está chato, cansativo, os que se destacam são atacados e julgados, é nojento ver impotente essa intolerância seletiva.


Gabriela, que eu acho uma negra linda e não sou racista por isso, assim como acho Isabela uma loira linda e Elana uma morena linda, me poupem gente!  Pois é vamos a hipocrisia e intolerância do BBB. Maycon revelou suas maldades com animais em sua infância, inadmissível, principalmente para mim que amo animais e tenho gatos e cachorros, ele está errado, mas ao mesmo tempo, Gabriela e Rodrigo, manifestam que matança de animais para sacrifícios em rituais religiosos é legal, será que estou louca ou existe de fato uma contradição nesses julgamentos, duros com Maycon e tolerantes com Gabi e Rodrigo? Matança em sacrifícios e maldade com gatinhos tem a mesma relevância para mim e não adianta dizer que é para fins religiosos e que Deus pedia sangue de animais, estamos no século XXI Deus não quer matança de animais, Ele não precisa disso, maldade seletiva não, julgamentos seletivos também não, pode até o papa dizer que sacrificar um bichinho é legal, eu continuo a dizer que não vejo distinção em ambos os atos, com um agravante, Maycon era um menino e Gabi e Rodrigo são adultos, embora isso não elimine a maldade de Maycon, então vamos despolitizar a bagaça porque a tolerância da galera está no limite, a minha, por exemplo está.
Estamos num entretenimento em que a censura impera? Não se pode discordar de Gabi e Rodrigo que se está cometendo crimes, isso está ridículo e eu me recuso a ler essa cartilha de falsidade, seletividade e oportunismo.
Agora estão todos acorrentados, existe no dirigente do reallytie uma dose de sadismo indescritível, isso não vai trazer audiência, que imaginação mais pérfida! Coloca um cachorrinho la dentro, manda artistas visitarem a casa, eles são deslumbradinhos, iam adorar, mas ver eles passando fome e acorrentados, é desestimulante e brochante, desculpe, estou por um fio para desistir de comentar e assistir o BBB... O que me prende ainda é Paulinha, Hary e Rízia, se não fosse por elas eu já tinha desistido como fiz na Fazenda.




É isso que a gente quer ver? Sofrimento? Fadiga? Desânimo? A única coisa engraçada foi assistir Isabela pagar sua língua e ter que dormir acorrentada a Rodrigo e ter que aguentar o seu ronco assustador que ela tanto repudiou o jogo inteiro, isso realmente não tem preço!


Gente li um texto fantástico no votalhada e vou postar aqui já avisando que vale muito a pena ler na íntegra é de uma sutileza e inteligencia invejáveis, vejam:



Talvez comece assim o meu texto: Era uma vez...

Para aqueles que não acompanharam o BBB desde as primeiras edições, caso não saibam, o reality era debatido em blogs, que passaram a escrever sobre a atração e os participantes. Eram vários. Diversificados e diferenciados entre si. Não necessariamente comungavam da mesma opinião. Salvo algumas rusgas, havia respeito e civilidade. Não tardou para que os comentaristas começassem a surgir e a enriquecer as postagens. Era gente muito boa comentando, acreditem. Não perdiam seu tempo se digladiando com quem tinha opinião contrária. Simplesmente encontravam seu nicho, a partir da empatia com este ou aquele blogueiro. E era ali que as torcidas se concentravam, torciam e vibravam, sempre à espera da próxima postagem.

Havia a Scully, com seu humor afiado, ácido e fã do jogo kamikaze e bem jogado, como o do Alberto do BB7; ela era a adorável pessoa mais politicamente incorreta que havia na blogosfera. O Sociedade Brasilis, sempre pragmático e racional em suas análises. Tors e Jebal, com uma visão precisa e cirúrgica de cada jogada e dos participantes. Mark O Terrível, criativo e precursor dos memes no BBB; um sujeito que nada tinha de terrível, mas de incrível. A divertida e bem humorada turma do Cartas para Bial; creio que até o Bial sentiu saudade quando se despediu com a última postagem, por sorte deixou o Pilotando, o piloto genial que consegue transportar filmes e magia para o BBB. De Cara pra Lua, com as impressões sensíveis, profundas e envolventes da Susan. Tevescópio da Dona Lupa, com um número fantástico de fiéis seguidores, que se sentiam em casa no espaço criado por ela. Rabiscos de Eva, rabiscando com a emoção que a move até hoje. A centrada e mui querida Mariquinha Maricota. O humor irresistível e escrachado de Fofocas de Marte; por onde andará Marisa?!? Não lembro se O Diário de Bruna Jones é dessa época, mas vale ser lembrada, pela presença de espírito e empatia cativante com que escreve. O Votalhada, que inovou trazendo - ao que já havia - cálculos matemáticos, a partir de pesquisas de opinião e votações, ao qual Frank Killer se juntou para somar e de lá pra cá só cresceu.

Era gente muito boa falando do mesmo assunto, com visões diferentes, mediando a opinião de seus seguidores, aglutinando comentaristas de ouro, que com o tempo chegaram até a se tornar amigos.

No entanto, o tempo passou... e o debate foi parar em outro endereço, no twitter, com torcidas ensandecidas e ávidas por sangue, preocupadas em levantar tags, depreciar a reputação dos participantes, transformar o reality em caso de polícia, acessar os blogs que ainda sobrevivem para depreciar os que têm opiniões contrárias... um rendez vu, reflexo quiçá da insanidade, intolerância, fragmentação e idiotice dos nossos dias.

E eis que... chegamos ao BBB19...

Confesso... por mais que tente, não consigo entender a escolha dos participantes. O 19 que deveria trazer com ele a maturidade, a riqueza da experiência das edições passadas, trouxe a chatice dos adultos de um mundo bipartido. Que é isso estagiário?!? Sério que você quis transformar a intolerância em diversão?!?

Agora pergunto: Poderia dar certo?!?

Não. Porque nem todos vivem num mundo dividido entre o verde-amarelo e o vermelho. Eu pelo menos não vivo!!! E muitos também não. Daí não haver empatia. E quando não há empatia, parte-se pra outra.

Pra quem não sabe o que é essa tal de empatia, explico:

Houve uma época em que o país parava aos domingos em dia de votação do BBB. Lembro que uma vez estava no Guarujá, era feriado de Carnaval, a votação do paredão começou mais cedo por conta do desfile das escolas. No barzinho onde estava havia uma televisão, a votação ia começar, as pessoas que estavam na rua começaram a entrar pra acompanhar. A cada voto era um uhuhuhu... aêeeee... nãaaoooo... Encerrada a votação, desconhecidos ali permaneceram, e entre um chopp e outro, especulavam sobre quem seria o eliminado da terça-feira. Até o dono do barzinho deu os seus pitacos nesse dia, tomando um chopinho com todo mundo. Sim, porque não tardou pra aquilo virar um grupo de estudo sobre o BBB, ok? Sim, muito louco e divertido também!!!

Nesse tempo... uma amiga minha, fanzona do reality,  em dia de formação do paredão e de eliminação se acomodava nas almofadas diante da televisão e não queria saber de celular tocando. Se - de sacanagem - alguém ligasse, não passava do “- Oi, tudo bem?”.

Houve uma época em que as pessoas varavam a noite acompanhando as provas de resistência. Uma das inesquecíveis foi a que colocou o Alemão e Alberto do BBB7 em uma gaiola. A animosidade entre os dois e o grupo que cada um encabeçava, era o que movia o jogo com altas doses de adrenalina. E eis que, em razão da prova se viram nessa situação. Passaram-se horas sem que um olhasse pro outro, apenas de soslaio pra sentir por quanto tempo mais o rival suportaria o calor e o cansaço. Aquela prova transcendeu à disputa pela liderança. Era um querendo provar ao outro que era melhor, que o venceria, por isso, ambos só saíram de lá quando chegaram ao seu limite. As torcidas, aqui fora, pasmem os fanáticos, não deixaram de aplaudir e reconhecer o mérito dos dois. Sim, dos dois!!!

Ok.... ok.... A gente vive no presente!!!

É... a gente vive no presente. Mas, não poderia prosseguir sem ter aberto esses parênteses.

Hoje, no BBB19, tem-se a impressão de que qualquer um que fosse colocado naquela gaiola, finalizaria a prova no par ou ímpar e num abraço. Nem o larnuôu (traduzindo: we are the world) da Solange do BBB4 pra irritar e desestabilizar os adversários, induzindo-os a desistir, haveria. Sabem por quê?!? Porque nessa edição não pode combinar voto. Não pode falar. Não pode brigar. Não pode se indignar ao ser votado ou pensar: “vai ter volta, traíra!!!”, pelo contrário, há quem ainda fique feliz: “- Gostei de levar um voto!”. Ah, tá!!! É muito legal ser votado!!! Já que é tão bom, daqui pra frente todos deveriam votar nessa pessoa para que não perca a felicidade, não é mesmo?!?

O politicamente correto tomou conta do BBB19. A bandeira da vez é o racismo. Valei-me!!! A patrulha e a censura em um reality!!! É o fim!!!

Agora termos como “denegrir”, “humor negro”, “mulata”, são ofensivos e proibidos de serem ditos!!! Ora ora partindo-se desse princípio, “branco de medo”, “branquelo” também, e, muito cuidado ao dizer que o som está “alto”, pois pode-se melindrar os anões por propagar a nanofobia. Francamente!!!

Para que uma fala ou conduta seja considerada preconceituosa deve haver o dolo, a intenção deliberada de diminuir, segregar ou discriminar alguém pela cor da sua pele ou características físicas. Vejamos: o termo “denegrir” remete à desonra, “humor negro” a uma piada ácida... Cadê o racismo aí, minha gente??? Querem saber??? O politicamente correto faz o mundo ficar policialesco, pesado, sem graça, chato pra caramba!!!

A continuar assim os humoristas terão que fechar a boca e trabalhar com mímica. As marchinhas de Carnaval serão censuradas. Nada de “mulata bossa nova”, “olha a cabeleireira do Zezé”... que fez lorinhas, mulatas e gays dançarem abraçados em muitos carnavais, porque... ah... estamos nos tornando hipócritas.

Segregação e discriminação são temas sérios. Não cabem na vitimização e censura de palavras do vocabulário, ou, quando exploradas a esmo e fora de contexto, como o fazem alguns participantes desse BBB para se manterem na casa e não serem votados, em um jogo que vale um milhão e meio de reais. Sorry, questões desse peso não podem servir de escada para alcançar um prêmio em dinheiro.

Aliás, não há coitadinhos ali, muito embora haja muito mimimi. Todos com maior ou menor dificuldade estão estudando ou têm uma profissão definida. Deveriam valorizar isso. Menos autopiedade e mais proatividade!!!

Recentemente, aqui fora, houve a maior babação porque Maju Coutinho sentou na bancada do Jornal Nacional. Oooooh.... a primeira negra a sentar ali!!! Peraê!!! Se ela chegou a ocupar o telejornal foi por mérito próprio, porque se preparou para chegar lá e por seu estilo se encaixar naquilo que o diretor quer do jornal. Espero, sinceramente, que não tenha sido pela cor da sua pele!!!

O pior é que como o twitter virou território de pistoleiros virtuais, ansiosos por uma causa, saem atirando pra todo lado, como se a segregação ou discriminação estivessem em todo lugar, inclusive no BBB. Tenha dó!!! Se houvesse isso no reality, haveria uma perseguição aos negros desde o primeiro dia. Não é o caso. Muitos deles são muito bem cotados no queridômetro todas as semanas e sequer são lembrados em dia de paredão. Portanto, menos bem menos!!!

Pode haver nesse BBB gente “nonsense”, desmiolada, fútil, sem censura, mas até aí os rotularem de racistas, ao ponto das torcidas irem se queixar aos patrocinadores, delegacia de polícia, comissão de direitos humanos da ONU ou sabe-se lá onde... vai uma distância muito grande. Daqui a pouco se alguém soltar um “pum” na casa, irão reclamar na Secretaria da Moral e dos Bons Costumes.

É inacreditável que quem assista a um reality, queira transformá-lo num caso de polícia para que o participante “indesejável”, que não é o seu favorito, seja eliminado pelo delegado e não pelo público. A polícia tem muito mais o que fazer do que ficar vigiando e fiscalizando um programa de TV. Além do mais, lá tem um diretor competente e hábil e uma equipe, que estão atentos. Dentre as várias atribuições que lhes cabe, uma delas é a de coibir e até expulsar qualquer participante que atente contra as normas de conduta impostas pelo reality.

É isso que está tornando essa edição chata, enfadonha e difícil de assistir.

Quando participantes transformam um “- Eu acho a Iza  (cantora) uma negra linda” em palestra de censura sobre “a sociedade que sufoca a beleza negra”, “os negros ativistas engajados”... e, finalizam com um “- Eu só tô te ensinando”, demonstram pedantismo, prepotência, militância, chatice e oportunismo. Afinal, achar uma “negra linda”, nada mais é do que um elogio. Nem mais nem menos.

Por outro lado, quando em meio a isso a gente vê o seguinte diálogo:

Paula - Você quer suco de quê? Hari - Desse!

Paula - Esse é de quê? Hari - Não sei!

Oi???? A gente ri pelo “papo de surdo” entre as duas, pelo sitcom pronto e espontâneo.

Aliás, se espremer não o suco da Hari, mas essa edição morna, sem enredo, sem sal, sem química entre os participantes, o que resta é a amizade de Paula e Hariany.

E vou além, essa amizade só aconteceu em razão do twist dos “sete desafios”. Não fosse isso, Hariany teria sido eliminada no segundo paredão.

Diga-se: “os sete desafios”, o que de melhor houve até aqui. Foi hilário ver quem criou o twist, ser desafiado a fazer com que as três desorientadas entendessem o que era esperado delas. Vê-las dançando diante do espelho, outra dormindo, enquanto círculos onde deveriam se posicionar, vibravam, piscavam loucamente e quase gritavam... foi icônico!!! Reconheçamos: Elas torearam quem estava no comando das tarefas!!! Essa pessoa merece um adicional no salário só por isso. Aliás, quem teve a idéia de colocar operações matemáticas em uma das fases??? Eram três, cada uma, com um resultado diferente, genteeeee.... Pelamor!!! E a montagem do esqueleto humano, então?!? Affff... Não fosse a mãozinha do Bones, dando uma chance e mais outra e outra... tadinhas, não teriam participado da prova do líder, nem teriam se alimentado e nem água para se lavar... kkkkkk....

Foi, graças a esse twist, que as destrambelhadas se reconheceram e foram salvas pelo público. Tivessem formado um trio, Hana ainda continuaria no jogo.

Sugestão de um novo twist?!? Colocar dentro da casa o estagiário que selecionou essa turma, para que ali permaneça até a grande final. Sem concorrer ao prêmio, óbvio, apenas valendo o estágio caso consiga ficar sem pedir pra sair. Afinal ser resiliente no local de trabalho é virtuoso e aprender com os próprios erros, transformador.

E não culpem o Thiago Leifert pela chatice. Ele é talentoso. Sou fã desde que comandava o Globo Esporte. Soube inovar. Imprimiu nova linguagem. Mas nesse BBB, tá difícil... O grupo não colabora. Estão “curtindo” férias: confraternizar, dormir e comer. Ô vidão!!!

Enfim... vou ficando por aqui. O Luís me disse que alguns perguntaram por mim. Amo o carinho de vocês!!! É muito bom vir aqui e lê-los... No entanto, não haverá outra postagem. Como disse logo no início, meu mundo não é bipartido. Não conseguiria ir além do que já falei.

Deixo aqui um abraço fraterno em cada um. Kisses!!!

http://votalhada.blogspot.com/2019/02/do-cantinho-da-shadow-o-bbb19-esta.html?m=1


sábado, 16 de fevereiro de 2019

A MÁSCARA CAIU...


Caramba! Que mico né?  A máscara do menininho fôfo caiu feio e vem caindo a cada dia mais um pouco, conclusão: Ele é um personagem e digo muito fraquinho. Claro que sabemos que ele mora numa comunidade carente, que deve passar alguns sufocos, que é esforçado, etc...etc... Tudo certo com isso, mas aí vem as mentiras e pior, a intenção de se vitimizar para comover o público, amador o rapaz e só por isso já está sendo escrachado na internet porque se existe um erro que não tem perdão num reallytie é a mentira. Ele disse que nunca teve um óculos escuro:

OI?

reparem a marca do IPHONE do moço, vejam a maçãnzinha...

Reparem que ai ele tem 2 óculos...

Engraçado eu sempre tive um pé atrás com ele, porque tem alguma coisa no olhar dele que me passa uma coisa que não é legal, mas uma pessoa querida, me pediu para rever meus conceitos em relação a ele, tenho essa generosidade de dar crédito a pedidos de pessoas que confio, mas meus primeiros impulsos eram verdadeiros ai está a prova. Bobagem, mentira boba, sem necessidade, para passar pobreza extrema e será que ele acredita mesmo que isso é suficiente para se ganhar um reallytie? Danrley você está desacreditado e desmoralizado e por muita gente repudiado, porque isso que verão abaixo foi o ápice, a maior demagogia já vista:



Ele e Elana ganharam mais uma vez o líder e gostei por Elana que dessa vez ela ficou com os 10.000 mil e ele com a imunidade. Vamos ter que aturar a pilantragem do moço por mais tempo.
Carol ganhou o anjo e com certeza vai imunizar Isabela, sua amiga, aquela meio cobrinha que transita entre os grupos distribuindo sorrisos para todos, também gostei por Carol que vai rever sua família e ganhar uma cozinha, gosto muito da Carol, apesar da mentirinha dela para o Rodrigo de que ela e Diego jamais votariam nele, desnecessário Carol, mas tudo bem, diante do que estamos vendo vou atribuir essa mentira a jogo, mas foi feio.


Colocou minhas meninas queridíssimas no monstro e achei muito fôfas Paulinha e Haryani, essa como bebê e Paula como a mamadeira...


Falando na minha fadinha dos animais, tenho umas fotos bem legais dela com bichos, sabe que ela não tem mêdo de nenhum bicho, até de cobras, ela tem uma relação bem resolvida com eles e parece que eles sabem disso...





Paulinha é isso, uma menina simples, sem filtro na fala, verdadeira, não mente, não engana, se joga, erra pra caramba e acerta muito também, anda descalça no mato, alimenta ratinhos e cata patinhos perdidos e os leva pra casa, amorosa, justa e linda, vítima de olhos maldosos que são capazes de usar sua deficiencia na voz para ridiculariza-la a chamando de gralha, etc... Gente usar uma deficiencia de uma pessoa para denegrir sua imagem é nulo, é maledicente e inadmissível. Não creio que ela chegue nem na final devido a essa espontaneidade matuta, mas como foi prazeroso compartilhar sobre ela com todos vocês! Uma mineirinha, atrapalhada, que fala sem pensar e expõe a todo instante seu coração e sua ingenuidade tão mal compreendida por harters que não medem esforços para pisar naquilo que é mais precioso num ser humano, sua honra. Lamentável né? Segue o jogo e segue a vida.
hoje tem festa, mas sabemos que nada acontece, de qualquer forma depois eu conto aqui... Vamos torcer para Paulinha, Hary e Rízia salvarem a noite, pois sem elas nada acontece.

PAURYANI ATÉ O FIM


quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

TCHAU DIEGO...BOA SORTE GATÃO...




Essa edição do BBB está surreal, não existe um vilão de fato, tampouco um favorito de fato. Nunca assisti uma edição com esse perfil e a gente se apega a pequenas coisas para amar ou odiar alguém...Eu, por exemplo gosto e torço pelas meninas, mais até por Paulinha, mas gosto de quase todos, mesmo os da gaiola, se não fosse a militância estaria colada na Rízia e na Gabi, a Rízia nem tanto, mas a Gabi milita com muito extremismo e pesa a imagem dela e o curioso é que ela também é doce as vezes e no meio dessa confusão, tentando separar a política deles eu me confundo entre  a pessoa e a persona. A Rízia entre os militantes é o meu xodó, gosto dela demais, acho ela a mais autentica e verdadeira dali, aliás ela e Paulinha podiam dar as mãos, ela como a nordestina autentica brasileira e Paulinha como a roceira metida a mulher da cidade grande e que sempre se estrepa porque usa sua maneira simples e autentica da roça, sem máscara, ambas, de regiões distantes de nosso país, mas trazendo com elas, estampado na testa o nome de seus estados e seus costumes, mas antes de tudo as duas tem a mais verdadeira brasilidade do game. 
Diego se foi, votei muito para que ele ficasse, na verdade comecei a votar para Isabela sair, mas depois vendo que não tinha chance disso acontecer comecei a votar em Alan, mas a medida que ia chegando a hora, foi me dando aperto e dó, tadinho, ele não é má pessoa, pode até ser planta, mas a gente sente que ele quer ser inserido com uma pegada maior... O fato dos Twitters racistas e bem fortes e de seu posicionamento quanto a cotas raciais o que tenho a dizer é que ele pode ter evoluido, mas não são fakes ta? Quando foi chamado para o BBB foram todos apagados. Alan é de direita e assim como eu é contra as tais cotas com a justificativa óbvia que se a luta é pela igualdade e a linha tem que ser reta, então nada de diferenciação  em cotas. Simples assim. Quanto a dizer que quando vê um preto (nem usou o termo negro) se afasta pq tem mêdo, apesar de ser forte e até criminoso em tempos atuais, ele, no contexto todo, mordeu a língua e está sendo amparado e protegido pelos negros que ele tinha mêdo, por que condenar a 2ª chance que a vida lhe deu de rever seus conceitos não? Estou na wibe da 2ª chance com ele.




Sentirei falta do jogo mais dinâmico de Diego, gostava dele, achava o jogo dele leal com os dele. Lindo de doer, sinto até dor nas pupilas de tanto achar ele lindo, não terá dificuldades na vida para se dar bem, aliás já é muito bem de vida, dono de haras, de fazendas e de lojas de móveis. Que ele seja feliz, é o que espero.
Alan é um menino bom vejo isso no amor que ele tem pelos animais, sempre quem respeita e cuida desses anjos de 4 patas são pessoas boas, com caráter bom, podem acreditar, o que estragou ele foi ter se juntado com aquela feminista tombada e insuportável. Mas ele terá tempo de se recompor, assim espero.


Tentei gente, juro que tentei, mas não rola mesmo, tentei admirar Danrley, tentei entende-lo, por todo seu histórico de vida, mas descarto nesse momento totalmente qualquer torcida por ele, simplesmente porque ele é uma pessoa morna, planta, todo preparado em discursos populistas voltado para as câmeras, vitimista e aplica uma militância dissimulada e como eu sou agitada, gosto de pessoas fortes, de emoções fortes e de pessoas que me passem essa força, ele está descartado de meu balaio, muito fraquinho, o que ele acrescenta ao jogo gente? Come, dança e vez por outra faz la suas coreografias na festa todas voltadas para os espelhos, chego a ter dó de verdade. Ele acredita firmemente que o BBB é um jogo paternalista, que contando historinhas tristes ele ganha favoritismo, ganha não... Vitimismo é a mais idiota arma para se angariar simpatias. Pena que acabou o Porta da Esperança, porque ai a gente podia até sugerir a ele. Vejam que comentário curioso e interessante eu copiei do Twitter pra vocês:

"@fatimaslopes
 4 hHá 4 horas
Mais
Imaginem a festa hoje...#Danrley fazendo cena pro espelho..#Rodrigo dormindo..#Gabi militando...#Alan não tem o que falar..#Isabella sorrindo falso para todos..#Maycon tendo visões...Só #Pauriany para salvar o @bbb, mas depois de ontem duvido ainda muito #BBB19 #RIP"

Eu incluiria Rízia para salvar o BBB, porque ela como já pontuei é a cara do programa.
Estou também vendo Carol com bons olhos, gosto do posicionamento dela, acho ela coerente e justa, serena, coisa que não sou, mas admiro, é bem animada, não reclama de nada, sabe falar na hora certa, etc, agora me digam, por que eu vou logo gostar de quem fala na hora errada e do oposto dela? Sim Paulinha morre pela boca, mas vamos combinar que ela é a vida daquilo ali. É sempre assim comigo, gosto de quem é injustiçado e atacado, geralmente são os pregos que se destacam e o BBB ao invés de ser um entretenimento passa a ser uma saga. Foi assim com Maria Melilo, com Ana Carolina, com Ana Clara e está sendo agora com Paulinha, fazer o que? Adoro aquela louquinha que não tem papas na língua e que se joga sem medir as consequências, alheia aos olhos perversos que a perseguem.
Tanto é assim que a cartomante que acompanha reallyties foi fazer denuncias na delegacia de crimes raciais contra ela por suas falas mal colocadas mas bem distante de racismo e vejam a conclusão do delegado:

Vamos rir? A cartomante deve estar se rasgando porque ela ainda não entendeu que o BBB não é palanque político e sim um game de julgamentos pessoais e não ideológicos, se assim fosse, eu não gostaria de Rízia e até de Gabi. Beijos, logo mais tem festa, vamos ser felizes porque é para isso que pago o PPV.


domingo, 10 de fevereiro de 2019

QUE NEGRA LINDA...


Eu acho Gabi linda! Isso é errado? Sou racista por isso?  Pelo amor de Deus pai, isso é uma forma carinhosa e que até exalta a negritude já que a colocam num patamar inferior, isso nunca foi racismo e não tem nenhum motivo para Rodrigo e Gabi ficarem melindrados. O nome desse melindre é complexo. Você falar de forma carinhosa que uma negra é linda é normal, mas eles se sentem ofendidos e questionam porque não chamamos uma branca de linda, simplesmente porque naquele momento Elana estava se referindo a uma cantora negra. Essa militancia está destruindo o favoritismo deles, porque Gabi disse a Rodrigo que eles estavam lá para isso, não Gabi, você não está no BBB para militar, você está para ganhar 1 milhão e meio e para jogar...Estou de saco cheio disso e as vezes nem tenho vontade de comentar no blog por conta dessa gente que se propõe a defender sua causa a qualquer custo, sem motivo, que compromete a credibilidade da causa por simples falta de sabedoria. Ela e Rodrigo são militantes ativistas e estão se tornando pessoas pesadas e antipáticas. Rízia, por exemplo e Carol, são militantes de esquerda também, Rízia é feminista, mas são leves, entendem que no BBB não é o local para defender sua ideologia porque envolve muitas outras questões. Se pelo menos se defendesse de algum constrangimento racista, até entenderia, mas fala fora de hora, sem consistência nenhuma. Enfim, estão equivocados e vão ser tombados por conta desse complexo, como se os brancos fossem culpados por eles serem negros, como se os brancos fossem hoje, no século XXI os culpados pela escravatura. Melhorem.


Essa senhora eu não suporto, acho-a falsa e oportunista demais para o meu gosto, semana passada votou em Rízia porque o grupo que ela pertencia o Vila Mix, supôs que ela teria 5 votos, viagem deles também, porque a manipuladora já foi tombada, a Gaiola não combina votos, sejamos justos, então para se salvar, se apoiou neles e votaram todos em Rízia por conta também das fofocas dessa senhora, ou seja, todos seguraram sua mão e se uniram para salva-la, quando ela percebeu que não teve os 5 votos, apenas 3 e que a gaiola era a maioria ela migrou de grupo, até aí era só ingratidão, mas hoje, ela estava no quarto do líder falando mal de Maycon , que a ajudou também na prova para ganhar um carro e disse que estava na dúvida sobre seu voto de hoje, se votaria em Rízia ou nele. Nossa, que sujeita perigosa e nojenta, Deus me livre de uma pessoa assim. Esperta como uma raposa, se encosta em Elana e assim penetrou na Gaiola e agora fala mal de seus companheiros de aflição. O nome disso para mim é mau caratismo, ela quer apenas salvar sua pele custe o que custar. Inclusive questionou com Danrley sobre Diego, que também a ajudou, dizendo que ele possuia fazendas de milhares de hectares, que era rico e empresário, que tinha gados. E daí? Ele não esta em nenhuma ONG, o BBB não é a porta da esperança e ninguém vai dar o prêmio ao mais pobrinho apenas por isso, o Danrley concordando com argumentos populistas e vazios, totalmente equivocados. Ele está achando que ser pobre e necessitado basta para ser o campeão, sabe de nada inocente!
A festa de ontém foi linda e animada e de tão animada fez eles irem para o Ta Com Nada por conta de punições de Diego e Haryane, mas nem vale botar na conta deles toda essa soma porque eles apenas finalizaram o leque de punições durante o dia teve punição de Gabi, de Rízia, de Elana e de quase todos enfim, mas claro a culpa é do Diego, é assim que funciona e é como digo, não é jogo para amadores.





Se esbaldaram, inclusive numa banheira de espuma e depois na piscina, é incrível a produção deslumbrante das festas do BBB, esse mérito ninguém tira deles. Paula e Rízia deram conta do recado de levar a noite nas costas juntamente com Elana e Danrley, sem eles nada aconteceria, seria apenas mais uma festa e em todos os acontecimentos sempre Paula está inserida, errando, acertando, se jogando, mas sempre é ela, como a verdadeira protagonista da edição.



Paula foi o anjo da semana e claro que ela imunizou sua parceira fiel de todas as horas e no almoço do anjo ela viu sua familia e a Pipa e soube também que seu pai construiu uma piscina para sua Pipa e se emocionou, foi muito bonitinho ver a união dessas duas moças, tão unidas e leais uma com a outra e se existe algo que admiro é isso, elas se cuidam, se protegem...


Gente, é preocupante a saúde mental de Maycon, ele diz escutar vozes e parece que disse ter se comparado a Jesus Cristo. Acho sinceramente que ele deveria ser afastado e tratado, porque isso é delírio e acho que numa fase já bem adiantada. Pior que ele inventa sonhos e acredita em suas invenções e está influenciando as meninas que não conhecem direito as coisas e estão impressionadas com sua possível mediunidade... Está inclusive criando fantasias para colocar terror nelas por Rodrigo e Gabi e se não for loucura é jogo muito sujo. Pior que as bobocas acreditam e já estão com medo de Rodrigo.
Temos no paredão Alan, o capaxo da feminista tombada, Diego e Isabela, por mim eu votaria para tirar Isabela, mas pelo jogo vou de #ForaAlan, porque elimino quem ameaça minhas meninas e também ´porque não invento racistas, eu provo e ele é um racista confesso e dissimulado que agora está encostado em Rodrigo para se proteger, detesto homem frouxo e dissimulado...


Portanto, pelas meninas e porque não gosto de racistas de fato, eu sou inteiramente, infinitamente #ForaAlan.



sábado, 9 de fevereiro de 2019

OS LÍDERES, O ANJO E OUTRAS COISITAS MAIS...


Elana e Danrley são os líderes da semana e achei muito legal, primeiramente porque gosto muito de Elana e eles mereceram com honra ao mérito, foi uma prova difícil em que exigia muito esforço, parabens aos dois. Com isso, eles dividirão a liderança, Danrley ficará com a imunidade e Elana levará 10.000,00, ele abriu mão para ela que queria muito o dinheiro e ele também, mas foi muito fôfo ele abrir mão para ela e a gente sabe que ele precisa muito. Coisa de gente do bem. Danrley parece ter incorporado um espírito soberbo, sei lá, ficou estranho com o poder, por que será? Ou será apenas impressão minha?
Bem, eu sou diferente de todos os blogueiros (as), sigo meu coração unicamente, não caio na onda de ninguém, tampouco da maioria, geralmente ando na contramão e não será diferente nessa edição. Contra o UOL e todos os blogueiros eu sou 100% Pauryani... Acho elas duas uma gracinha, amo a ingenuidade e lealdade delas, de como uma cuida da outra num jogo que vale 1 milhão e meio...
Dizem sem parar que Paula é racista, sim, ela pode até morrer pela boca, mas garanto que de racista ela não tem nada, fala frases mas distorcem o contexto e mais feio, distorcem a intenção e tenho certeza que sabem que tenho razão porque é nítido a ausência de maldade em que suas ações comprovam isso. Mas deixa esse povo falar, é problema deles e de suas consciências. O que é mais hipócrita é a acusação seletiva, em que foi mostrado os twitter de Alan com manifestações racistas diretas e reais e os esquerdistas e militantes nem tchum, o importante é derrubar, mesmo que com calúnias o favoritismo de Paula, se conseguirem e é bem provável que consigam eu não me espanto, é um joguinho tão medíocre e sujo que faço questão de ser mesmo a única que anda nessa contra mão. Querem saber do que estou falando? É disso:


E sobre a comunidade LGBT, que ela militava:


 E sobre a defesa das mulheres que ela militava e levantava bandeira:


Lindo demais né? E sabe que os acusadores de Paula ficam caladinhos, sabem por que? Porque são podres iguais a ela, que essa sim está provado ser uma racista, preconceituosa e mentirosa, além de oportunista. Contra fatos não existem argumentos e estranho que a revista Capricho não divulga né? Mas baseado em falas soltas dentro de todo um contexto faz uma matéria tendenciosa e repugnante acusando Paula de racista, provem, porque eu provo, está ai em cima.
Sei que é um jogo e que Deus não entra nisso, até a página 2, depois ele entra sim e poderia citar várias passagens em que ele alerta que com a medida que medimos também seremos medidos e em outra a bíblia diz que Jesus alerta seu povo mais ou menos assim: Ai daquele que tocar em um de meus pequeninos e isso se referindo a crianças e aos corações puros, portanto quem teme essas palavras sagradas que pense mais antes de mexer com uma acusação tão séria como essa a uma moça que nunca foi racista. Porque na minha leitura ela é um dos pequeninos do senhor porque está sendo caluniada e não existe maldade em seu coração.


Parece que Ela e Danrley vão indicar Diego e eu apenas lamento, estão saindo os jogadores e ficando os militantes, que dó... Danrley hoje expressou sua opinião sobre o vencedor pontuando que deveria ser uma pessoa que precise financeiramente, a conclusão que chego então é que o BBB virou um palanque esquerdista e feminista e uma ONG de caridade. E o jogo?

Hoje teve prova do anjo e Paula ganhou, com certeza vai imunizar Hary com toda razão, elas só apanharam no jogo até agora, mais que certo, embora lamente por Diego.



Hoje Elana foi elogiar uma cantora e disse "Ela é uma negra linda" pronto! Os militantes ávidos por levantarem suas bandeiras pularam a ponto de ter assustado a garota, aonde vocês vêem racismo nisso? Elana chegou a dizer que tinha medo de conversar com eles porque tudo era motivo de racismo e que ela não teve a intenção, mas virou uma palestra, ou seja a casa inteira é obrigada a concordar com Rodrigo e Gabi, caso contrário são acusados de racismo e condenados a escutar uma palestra cansativa e desnecessária... Realmente a militancia está reduzindo o BBB a um palanque lotado de comunistas levantando bandeiras as quais não cabem no BBB, está feio.


O FEITIÇO VIRA CONTRA O FEITICEIRO... Gente, achei esse castigo horrível, ver a Rízia tendo o começo de um pânico foi de cortar o c...