quinta-feira, 11 de abril de 2013


ESCRITO POR UMA AMIGA MINHA QUE ADAPTEI A KAMILLA...



"UM BILHETE À KAMILLA:

A verdade é que é muito duro ser uma pessoa à frente do seu próprio tempo; ser teimosa, tinhosa e atrevida ... dar aos outros a sorte do próprio sofrimento.

A verdade é que em voce está a semente da rebeldia comum, o impasse, a impossibilidade de ser cômodo, gentil, engomada ou pontual, quando há pouco tempo e chance de ser o que somos.

A verdade é que dói em voce a ilusão da liberdade existencial e o preço que paga por ousá-la, e sente a mágoa de descobrir que só na solidão a encontra.

A verdade é que na sua solidão está o desamor de todas as mulheres do mundo e a sua esperança de poder ser amada e ser amante. Voce foi irmã nas dores simples dos amores que insistem em permanecer mesmo quando foram escorraçados; foi apoio nas mágoas e foi a água das minhas lágrimas.

A verdade é que em voce pulsa a busca, a eterna espera do que nunca seremos mas temos o direito de querer! Por isso é navegadora dos reinos impossíveis.

Estou muito triste por voce! Estamos menos juntas porque não a vejo mais, o tempo de vê-la só perdurou enquanto voce ajudou a existir; um tempo de mais alegria, de mais ar e menos indiferença ... de mais confiança e menos desamor ...

A verdade é que voce fala além ... usa uma outra linguagem.

A verdade é que voce ensinou que mulher não é coisa ...

A verdade é que voce tem recados: para os homens de uma geração reprimida: soltem-se ... Para a mulher vacilante: na dúvida, ame ... Para os artistas: só na solidão encontrarão o rumo ... Para os tristes de pena de amor: soframos juntos que dói menos ...

A propósito de amor, voce deu a seguinte lição: depois é sinônimo de nunca; adiou, perdeu. Só o agora existe, e de preferência, aqui mesmo. A pressa de sentir é amiga íntima da perfeição do querer.

A verdade é que foi uma deusa do masoquismo de todos nós, expresso no que voce causou de estrago e de afago ao estomago, nervos, pele, sistema neurovegetativo, frio na espinha, calor na face ... Falou a linguagem em carne viva do ser humano, sendo ele: caindo e levantando, remoçando surpresas, amando e cicatrizando, cada vez melhor..

Voce é uma ponte de ternura que une afetos ... é elo de amizades ... é marco e referência de como e quanto é difícil viver, mas sempre encantadora... como o sorriso que ilumina seu rosto.

(Notívaga - MT) "



#queorgulhodesuaspalavrasedesersuaamiganotívaga
 
" F  I  M "

Nenhum comentário:

SOS  AO MUNDO PELA VENEZUELA... Hoje meu post não é sobre reallytie, desculpem-me, hoje estou inteira solidária com a Venezuela...